The number of cinema screens in the country is the largest since 1970

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No mês de fevereiro, a ANCINE divulgou o Informe Preliminar de Salas de Exibição de 2018. É de extrema importância para o mercado audiovisual a coleta e disseminação de dados como esses para a compreensão do contexto em que nos encontramos no mercado e como o público recebe as produções nacionais e internacionais.

O principal dado apontado por esse informe diz respeito ao número de salas de cinema no país, 3.356, que apresenta o maior número desde 1975. O estado com mais salas é São Paulo, atendendo 54 milhões de espectadores, sendo 12,7% das exibições sendo obras produzidas em território nacional.

O ano de 2018 provou mais uma vez a possibilidade de crescimento do interesse por filmes nacionais com crescimento de 25,3% em relação ao ano anterior, contabilizando 23,5 milhões de espectadores. Isso representa certa de 20 milhões de ingressos vendidos, o que ocorreu pela última vez no ano de 2016.

Em relação a bilheteria, o Informe apresenta dados que comprovam que o número de ingressos vendidos para filmes nacionais é proporcional ao número de sessões ocupadas pelas obras brasileiras nos parques exibidores, dado que comprova o interesse do público para com obras brasileiras.

É válido ressaltar que o Informe Preliminar tem caráter provisório e terá seus dados consolidados até o fim do mês de junho desse ano (2019). Para mais informações sobre dados referentes ao cenário cinematográfico brasileiro, acesse o site oficial da ANCINE.