Magnífica Desolação

Em meados dos anos 90, o governo brasileiro passou o controle das suas ferrovias para o setor privado. Houve então uma redução das linhas de trens de passageiro a quase zero e um encolhimento da rede ferroviária de carga. Os maquinistas, que antes viajavam com um auxiliar, passaram a trabalhar completamente sozinhos em suas jornadas. O filme apresenta uma visão subjetiva sobre o cotidiano desses profissionais e sua rotina solitária em meio a um universo grandioso, tedioso, desolador e ao mesmo tempo apaixonante.

  • Ano:2010
  • Diretor:Fernando Coimbra
  • Gênero:Biografia, Drama, Família, Ficção

Principais Prêmios e Festivais

  • Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2010 - Prêmio Onda Curta no Curta Cinema
  • Entre outros -

Ficha Técnica

Produção: Cabra Filmes e Gullane
Direção: Fernando Coimbra
Roteiro: Fernando Coimbra
Produção: Caio Gullane, Fabiano Gullane, Fernando Coimbra
Coprodução: Débora Ivanov e Gabriel Lacerda
Direção de Produção: Luísa Berlitz
Direção de Fotografia: Fernando Coimbra
Montagem: Eva Randolph
Som: Ricardo Cutz
Trilha Sonora: Ricardo Cutz